Vacina Covid-19: 1ª dose volta a ser aplicada em Uberlândia neste sábado (31/07) e público de 35 anos será convocado

Cronograma divulgado na tarde desta sexta (30) informa também imunização com a 2ª dose no domingo.

Dando sequência à vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura de Uberlândia fará uma força-tarefa neste final de semana para adiantar a aplicação da primeira dose do imunizante na população e alcançar o público em geral com 35 anos. Além destes grupos, também serão agendadas as pessoas que devem receber a segunda dose. Com isso, o município espera vacinar nos três dias cerca de 24 mil pessoas.

 

            Para acelerar o andamento da imunização da primeira dose, o município disponibilizará três pontos vacinação no sábado, permitindo a convocação de mais de 10 mil pessoas. A imunização neste dia ocorrerá na Arena Sabiazinho, no Ginásio do UTC e no drive-thru, no estacionamento do Centro Administrativo.

Confira a programação:

Sábado (31)

- público em geral (iniciar 35 anos);
Local: Arena Sabiazinho, Ginásio do UTC e drive-thru

Domingo (1º)
- segunda dose em quem vacinou entre os dias 14 e 17 de maio
Local: Arena Sabiazinho, Ginásio do UTC e drive-thru

Agendamento

             A confirmação do agendamento é feita por mensagem de texto no celular (SMS), via e-mail para quem optou por preencher o campo no momento do cadastro e também pode ser conferida no Portal da Prefeitura. Devem comparecer aos locais de vacinação somente as pessoas que receberam a confirmação do agendamento. Todo o fluxo do agendamento é pensando na capacidade de atendimento dos pontos de vacinação. Por isso, a Prefeitura de Uberlândia ressalta também a necessidade de as pessoas respeitarem o horário e local do agendamento para evitar a formação de filas.    

 

         O Município reitera que as pessoas que não compareceram à convocação devem realizar a revalidação do cadastro para serem chamadas novamente. Para solicitar o reagendamento, basta acessar o Portal da Prefeitura.  No entanto, a reconvocação acontecerá com no prazo mínimo de 30 dias e quando houver disponibilidade de doses, sem prejuízo ao progresso da vacinação.

Fonte: PMU/Foto: Secretaria de Governo e Comunicação/PMU