Policia Civil incinera quase 7 toneladas de maconha apreendidas em Uberlândia


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou, nesta terça-feira (27/4), a incineração de quase 7 toneladas de maconha em Uberlândia, Triângulo Mineiro. A droga foi apreendida durante operação da Polícia Militar, realizada no último domingo 5, no bairro Morada dos Pássaros. A queima ocorreu após requisição feita pela PCMG ao Poder Judiciário. Também foram destruídas porções de cocaína e ácido bórico.
A incineração foi providenciada pela equipe da Delegacia Regional em Uberlândia. Conforme o titular da unidade, delegado Luciano Alves dos Santos, um esquema especial, com a participação de 20 policiais civis e militares, foi montado para fazer o transporte do lugar onde ela estava guardada até o forno. Por questões de segurança, o local em que o procedimento foi realizado não é revelado.

Um promotor de Justiça, um representante da Vigilância Sanitária e o chefe da Seção Técnica de Criminalística, Alexandre Junqueira Souza, além delegado regional, acompanharam a destruição da droga. Esta é a terceira incineração de entorpecente realizada neste mês - na primeira quinzena de abril, em duas ações, cerca de 1 tonelada de drogas apreendidas em operações policiais também foi destruída pela PCMG.

Morada dos Pássaros

Na mesma operação em que foi apreendida a droga incinerada hoje, no bairro Morada dos Pássaros, os policiais militares localizaram ainda, na residência alvo, dois quilos de cocaína, uma submetralhadora artesanal e um carro clonado. Um suspeito, de 49 anos, foi preso durante a ação. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Plantão e prestou depoimento, sendo depois levado ao sistema prisional.

À Polícia Civil, o suspeito informou, durante o procedimento de prisão em flagrante, que estava apenas “tomando conta” do lugar, que tratava dos cães e atendia ao telefone. Ele também contou ter vindo do estado de São Paulo. As investigações prosseguem pela PCMG.

Por ASCOM-PCMG