Vacina contra Covid-19 é aplicada em idosos com 79 anos


Doses são aplicadas em sistema drive-thru no estacionamento do Centro Administrativo Municipal

            Iraci Eurípedes Batista comemorou mais um ano de vida nesta quarta-feira (10) e foi justamente no dia do seu aniversário que ela recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Dois fatos marcantes que ela confessa jamais esquecer. Assim como ela, 1.460 idosos com 79 anos ou com 78 que completarão 79 até julho deste ano, cadastrados para receber o imunizante, foram vacinados nesta quarta-feira (10). A aplicação continua até amanhã, quinta-feira (11), em sistema drive-thru, no estacionamento do Centro Administrativo Municipal, das 8h às 18.
            “Receber a vacina é um dos melhores presentes que eu poderia receber. Eu só tenho a agradecer a todos que possibilitaram este momento e ainda elogiar a esta equipe maravilhosa que me tratou tão bem desde o momento quando eu cheguei. Todos estão de parabéns”, disse Iraci Batista.

            Quem também foi vacinado e ainda mandou uma mensagem de otimismo foi Jorge Luzi Marroni. “Ser vacinado é uma esperança de que estamos adquirindo nossa liberdade novamente. A vacina é o grande imunizante que vai permitir que todos nós consigamos ter uma vida normal. É uma questão ética que devemos ter com os nossos semelhantes, pois quando todos se protegerem, estaremos todos iguais”, destacou.

         A Prefeitura está oferecendo mais esta etapa de vacinação graças à nova remessa de doses enviadas pelo Ministério da Saúde e distribuída pelo Governo de Minas Gerais. “Nesta última remessa foram destinadas 3.400 doses para Uberlândia. Com isso, foi possível ampliar ainda mais a população contemplada”, ressaltou a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira, da Secretaria Municipal de Saúde. Também será possível dar continuidade na vacinação dos acamados, conforme cronograma e faixas etárias.

            A opção da equipe organizadora da vacinação em continuar o serviço pelo sistema drive-thru, no estacionamento do Centro Administrativo Municipal, foi porque a estrutura já está sendo utilizada desde o início da vacinação dos idosos e permite mais segurança, comodidade e rapidez a eles. Cláubia Oliveira reforçou que a vacinação está sendo realizada de forma gradativa de acordo com os grupos prioritários, ordem do cadastro e a quantidade de doses liberadas para a cidade.

Vacinação dos idosos acamados

Ainda segundo a coordenadora do Programa de Imunização, a vacinação dos idosos acamados está acontecendo, paralelamente aos dos idosos do drive-thru. No entanto, ir até a casa deste público exige uma logística complexa.

“A vacinação dos acamados requer um tempo maior, pois envolve vários profissionais, como motoristas, equipes de vacinadores, escolta policial, além do deslocamento entre os endereços que costumam ser distantes. Entretanto, temos o compromisso de vacinar todos os idosos acamados em casa e vamos fazer isso”, detalhou Claubia Oliveira.

O critério do acamado é quando ele fica restrito ao leito, ou seja, impossibilitado de andar ou com mobilidade restrita e dependente. Caso o idoso não esteja nesta condição de mobilidade, é importante aproveitar a ação do drive-thru. Se o cadastro do idoso está como acamado, mas é possível comparecer ao sistema drive-thru, garantindo o seu bem-estar, basta entrar no cadastro e desmarcar a opção acamado.

Consulta ao cadastro e agendamento

A imunização do público prioritário contra a Covid-19 em Uberlândia acontece mediante cadastro prévio. O acesso é feito no Portal da Prefeitura, na aba “Enfrentamento ao Coronavírus” e depois basta acessar o botão “Cadastro Vacinação”.

Quem se cadastrou para receber a vacina pode acompanhar o agendamento da imunização também no mesmo endereço eletrônico, onde foi disponibilizado a opção “Consultar Agendamento” no canto superior direito da página de cadastro para a vacina. Depois basta digitar o CPF e a data de nascimento da pessoa cadastrada. Com o novo serviço on-line, o usuário obtém mais detalhes sobre o agendamento e informações sobre a aplicação da vacina, como se é 1ª ou 2ª dose, fabricante da vacina, data, hora e local da aplicação. Mesmo com a ferramenta, a pessoa cadastrada continua recebendo a confirmação do agendamento por mensagem de texto no celular (SMS).

Para evitar filas desnecessárias, recomenda-se respeitar rigorosamente o horário agendado. Nos casos em que a pessoa não tiver condição de comparecer por questão de locomoção ou no dia do agendamento, deve-se entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, que marcará outra data para a vacinação ser realizada. O número do telefone da Ouvidoria é 0800-940-1480.

A Prefeitura alerta ainda para que as pessoas se atentem para o recebimento de mensagens de texto verídicas e compareçam ao ponto de vacinação agendado com cartão de vacina e documento pessoal com foto.

Fonte: PMU/Foto: Danilo Henriques