Com mais 13 vítimas, Uberlândia tem o segundo maior número de mortes pela Covid-19 em um boletim


Dados da Prefeitura, desta quarta-feira (17), atualizam números da doença na cidade para 919 óbitos e 63.552 casos positivos.

Profissional de saúde realiza teste de Covid-19 do tipo RT-PCR. — Foto: Luciano Claudino/Estadão Conteúdo
Profissional de saúde realiza teste de Covid-19 do tipo RT-PCR. — Foto: Luciano Claudino/Estadão Conteúdo

Mais 13 mortes causadas pela Covid-19 em Uberlândia foram registradas no boletim desta quarta-feira (17), pela Prefeitura de Uberlândia. Essa quantidade de mortes é a segunda maior registrada em um único informativo desde o início da pandemia. O recorde negativo é de 14 óbitos, registrado na última segunda-feira. Nesta terça (16) a cidade teve nove mortes.

O número de casos teve acréscimo de 441 positivos para a doença, fora os resultados não enviados por alguns laboratório. Ainda segundo a Prefeitura, no total desta quarta, há resultados referentes a exames feitos nos dias 15 e 16 de fevereiro.

Desde o início da pandemia, a cidade registrou 919 óbitos e 63.552 infectados pelo coronavírus.

A taxas de ocupações de leitos, geral e destinados ao tratamento da Covid-19, que estavam em 98% baixou para 95% e 96%, respectivamente.

As vítimas mais recentes da doença:

cinco homens com idades de 36, 45, 49 (dois) e 56 anos
três idosas de 63, 66 e 85 anos
cinco idosos com idades de 65, 66, 72, 77 e 85 anos
Veja abaixo os números comparados com o boletim de terça-feira (17):

Mortes confirmadas: mais 13, totalizando 919 vítimas;
Casos confirmados: mais 441, totalizando 63.552;
Casos suspeitos: aumentou de 92 para 115;
Casos descartados: passaram de 199.739 para 201.068;
Pacientes recuperados: o número foi de 53.160 para 53.487.

Crescimento dos casos confirmados de coronavírus em Uberlândia
Dados são dos boletins diários divulgados pela Prefeitura

Fonte: Prefeitura de Uberlândia
Pacientes internados
Somando a rede pública e a privada, o Município tem 534 pessoas internadas, sendo que nem todas são pacientes com a Covid-19. Desse total, 222 estão em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 312 são tratadas em enfermarias.

Leitos

Segundo o boletim, a ocupação de leitos de UTI geral na rede municipal baixou de 98% para 95%. A ocupação dos leitos de UTI destinados ao tratamento de pacientes com coronavírus do sistema público municipal baixou de 98% para 96%.

Por: G1 Triângulo e Alto Paranaíba
Foto: Luciano Claudino/Estadão Conteúdo